Seguidores

Recruta...parte 1


2009:
Um pinguim fazendeiro chamado Larry cuidava da plantação do pai, que havia desaparecido misteriosamente há vários anos. Ele ainda não tinha percebido a presença de dois pinguins vestidos de terno que o observavam; escondidos atrás de uma folhagem densa. 

Pinguim de terno 1: O que você acha? Será que ele serve para a função?

Pinguim de terno 2: Acho que não. As chances de sucesso são muito pequenas...

Pinguim de terno 1: Verdade. Mas é o único pinguim vivo de toda a região!

Pinguim de terno 2: Ok, então. Vamos arriscar.
Os misteriosos pinguins de ternos avançaram pela plantação e entraram no campo de visão de Larry.

Larry: Quem são vocês??

Pinguim de terno 1:  Nós somos...

Larry: Saiam da minha plantação! Vão estragar a terra! SAIAM JÁ!

Pinguim de terno 2: Calma, calma... você nunca mais vai precisar dessa plantação. Apenas ouça o meu colega e tudo ficará bem. Se você não obedecer, infelizmente teremos que usar a força.

Larry: Hunf... vocês são cobradores de impostos? Já vou logo avizando que a colheita é só mês que vem. Ainda não tenho dinheiro.

Pinguim de terno 1: Err... não somos cobradores de impostos. Somos agentes dos Comandos da Polícia Federal. Nós estamos aqui pois precisamos de você, da sua experiência, da sua força e, principalmente, do seu sotaque do interior.

Larry: Oxe!  Por que vocês precisam de mim? Nós nem nos conhecemos!

Pinguim de terno 1: Apenas venha para a central de comando. Lá você terá detalhes e direito a perguntas.

NA CENTRAL...

Pinguim de terno 2: Quando seu pai desapareceu, nós fizemos uma grande investigação, pois casos como esse são extremamente incomuns. Depois de muitos meses, nós finalmente achamos algumas peças do "quebra-cabeça". Seu pai foi sequestrado por alguém. Ainda não sabemos o motivo, mas temos uma hipótese.

Larry: Então fale logo, sô!

Pinguim de terno 2:  Esse "alguém" que sequestrou seu pai queria realizar diversos experimentos nele. Não sabemos quais experimentos foram realizados nem quais eram as intenções do criminoso. Porém, recentemente descobrimos algo que você precisa saber.

Larry: Vocês gostam de fazer suspense, não é? Fale logo!

Pinguim de terno 2: Seu pai está vivo.

Larry: Sério?? Mas como? O que? Impossível! Não tem como! DETALHES POR FAVOR!!!!!

Pinguim de terno 1:  Ele está vivo. Isso é uma afirmação, não uma hipótese.  Ainda não descobrimos muita coisa sobre isso, porém vamos continuar com a investigação.

Larry: Por que precisam de mim?

Pinguim de terno 2:  Nós precisamos de você pois nos ajudará a achar seu pai e finalmente concluir a investigação.

Larry: E como eu ajudaria? Sou apenas um camponês!

Pinguim de terno 1: Um camponês que conhece a região, é forte e  quer muito achar o pai, por isso terá muita coragem nos desafios... bem, eu espero.

Larry: Claro que vou ajudar! É meu pai!!! Mas... que tipo de desafios?

Pinguim de terno 2: Você verá.

Neno

*Resolvi fazer uma história com um formato diferente, como vocês podem ver. Ela terá continuação. Esse foi a parte 1.