Seguidores

A rena perdida...





Um dia, Papai Noel estava contando suas renas e percebeu que uma tinha sumido.

E essa "uma" , era a rena chefe , ou seja , guiava as outras e era a que melhor voava.

Sem ela as outras renas ficavam desordenadas , Noel não conseguiria voar no trenó com ele balançando!

Então ,  ele chamou três bonecos de neve que eram responsáveis por tudo estar em ordem. (eram inteligentes , mas extremamente atrapalhados)

Se chamavam snow, snowball e snowflake.

Eles começaram a procurara a rena perto da fábrica.

Snowball disse:
-Vamos procurar no celeiro , onde fica a comida dos animais.

Procuraram mas não acharam.

Os bonecos de neve atrapalhados foram fazendo hipóteses pouco prováveis e perdendo tempo:
-Talvez essa rena tenha viajado para outro país...
-Não! Talvez para outro mundo!

Então acharam pegadas.

Eles seguiram por bastante tempo até  avistarem uma casa.

Snow perguntou para um duende que morava ali:
-Você viu uma rena passar por aqui?
-Vi sim! Ela foi para lá!

Foram na direção apontada até chegarem numa cidade localizada  no pé de uma montanha.

Viram um outro duende e perguntaram:
-Você viu uma rena?
-Vi! Ela está na academia!

Foram para a academia e encontraram ela.

Neste exato momento Papai Noel chegou e disse:
-Obrigado, rena!

Snow , Snowball e Snowflake perguntaram o que tinha acontecido e Noel respondeu:
-How How How! Eu disse para a rena vir aqui treinar um pouco para vocês virem procurá-la. Assim não quebrariam a fábrica inteira com suas trapalhadas! Mas vocês foram úteis! Ela já estava tempo demais na academia e comecei a pensar que ela tinha se perdido mesmo! No Natal que vem , tenho certeza que irão ser menos atraplhados! How How How e Feliz Natal para todos!!!


* Hoje entro em férias! Até Fevereiro!
Boas festas para todos e obrigado pelo carinho desse ano!













O reino dos tubarões...





Existe um reino , no fundo do mar, que só existem tubarões.

Mas eles não viviam muito diferente das pessoas.

Eles tinham shopping, supermercado , praças,...

Mas eles viviam em paz e harmonia com todos os seres! (menos quando estavam com fome)

Mas , um dia, um redemoinho chegou no reino deles e levou tudo,tudo!!

Só restaram os tubarões, que estavam muito frustrados.

Mas o tubarão mais pacífico que existia no reino (chamado Henky) pegou um megafone e disse:
-Calma! Há mais ou menos cinco anos, eu achei um mapa do tesouro feito pelos nossos ancestrais, os megalodontes. Eles fizeram esse mapa e enterraram um tesouro para caso acontecesse uma tragédia como aconteceu agora. Se acharmos , teremos riquezas para reconstruir a cidade!

Mas só um tubarão topou, o melhor amigo de Henky. (chamado Francis)

Eles olharam o mapa... começava num mercado, e seguia uma trilha em zigue-zague que passava por baixo da terra (areia).

Então eles foram no local onde ficava o mercado da cidade e começaram a andar em zigue-zague como dizia o mapa.

Até que chegaram na frente de uma caverna escura.

Eles entraram e andaram 12 metros, foi quando Francis achou uma pá.

Ele disse:
-Acho que agora temos que cavar um túnel que passa por baixo da terra.

Cavaram , cavaram e acharam um caminho.

Depois de duas horas de caminhada (nadada ), acharam um pergaminho com umas letras e símbolos muito esquisitos, usados pelos seus ancestrais.

Só um tubarão do reino sabia ler esses símbolos. E debaixo da terra não pegava sinal no tubacelular. (o celular dos tubarões)

Só tinha um jeito de chamar ele , andando até o reino depois de tudo que caminharam (nadaram).

Dan Dan Daaaan...

Henky falou:

-Francis, chame o tubarão que sabe ler esses símbolos e volte aqui. Tome o mapa.

Henky ficou esperando Francis voltar:

-Nossa! Como é que alguém consegue levar  tanto tempo para chamar um tubarão e voltar para cá??!

Até que Francis chegou.

O sábio tubarão que sabia ler os símbolos disse:
Está escrito: VOLTEM PARA O MERCADO E FAÇAM A MESMA TRILHA QUE FIZERAM, MAS PARA O OUTRO LADO...Brincadeira! Está escrito: cavem mais 20 metros para baixo e encontrarão o tesouro.

Eles cavaram e encontraram o tesouro, os tubarões conseguiram reconstruir o reino e eles construíram  uma máquina que espantava os redemoinhos do local... Neno











As aventuras de Duqui e Lilo 5...

                                                                                     




Duqui , o ursinho Duqui , sempre queria uma aventura (como você viu nos outros capítulos) .

Como fazia algum tempo que ele e seu amigo Lilo não se aventuravam , decidiram dar a volta ao mundo de avião (mas fazer isso sem se acidentar , igual a Amelia Earhart.

Mas como eles moravam no meio (do meio do nada) , eles não conseguiriam um avião tão fácil , então embarcaram escondidos num navio quebra-gelo e esperaram para ver onde ele parava.

Quando o navio parou, Lilo ouviu o capitão dizer que estavam no Pólo Norte (árctico).

Duqui disse:
-Que coisa de louco! Trocamos seis por meia dúzia! (moravam na Antártida e foram para o Árctico).

-O que vamos fazer? -perguntou Lilo

-Vamos embarcar em OUTRO navio.

Embarcaram , esperaram , dormiram , dormiram de novo ...

Até que chegaram em uma cidade dos Estados Unidos chamada Atlanta:

-Agora sim! Atlanta tem um dos aeroportos mais movimentados do mundo! Vamos poder pegar um avião! Quantos será que eles tem aqui?-disse Duqui

Como eles queriam dar a volta ao mundo sozinhos, eles alugaram (se um urso quer alguma coisa, ninguém , nem mesmo o dono de uma companhia aérea pode impedi-los) um avião.

Duqui era um ótimo piloto e decolou muito bem.

A vista do alto deixava aqueles ursos muito felizes... e distraídos:

-CUIDADO DUQUI! UM PÁSSARO!!!!

Como eu já falei , Duqui era um ótimo piloto e conseguiu desviar do pássaro que iria entrar na turbina e fazer cair o avião. Depois disse:
-Viu como eu sou um bom...

-Duqui! CUIDADO COM O OUTRO PÁSSARO!!!

Dessa vez , Duqui não conseguiu desviar , o pássaro entrou na turbina e o avião estava caindo:

-Ninguém merece! -disse Lilo
-Pegue os paraquedas . Vamos ter que pular.

Eles pularam e Duqui disse:

-Eu poooosso voaaaaar!!!!!!!!

-Eu acho que não-disse Lilo.

Então caíram na água.

Eles tiveram que cortar rápido os paraquedas ou iriam afundar.

Lilo avistou uma ilha.  

Nadaram até lá e viram que se chamava Sicilia . (uma ilha da Itália , que tem o formato de uma pedra , ou bola).

Foram para o aeroporto mais próximo e alugaram mais um avião (será que eles irão pagar o que caiu).

Então depois de horas ,horas ... conseguiram dar uma volta inteira no mundo!

E depois caíram na Antártida! Bem perto de sua casa. (Duqui pode decolar muito bem , mas pousar é outra coisa)!!!...Neno


*Última história que fiz com 10 anos.


*Clique para ver os últimos capítulos:

As aventuras de Duqui e Lilo 4

As aventuras de Duqui e Lilo 3

As aventuras de Duqui e Lilo 2

As aventuras de Duqui 1









O susto do vampiro...




Existem dois meninos muito espertos.

Um chamado Guilherme e o outro Santiago.

Eles gostavam muito de coisas assustadoras.

 E por isso convenceram suas mães a viajarem para a Romênia, onde está localizado o castelo do Drácula.

Quando chegaram lá, Guilherme e Santiago não queriam nem ir para o hotel para deixar as malas.

Foram direto procurar um guia turístico!

Os meninos disseram:
-Oi! Queremos ir para o castelo do Drácula. (Castelo  Bran)

-Isso não fica tão perto daqui, meninos. (estavam em Bucareste, o castelo fica na fronteira da Transilvânia)

Santiago pediu pra mãe:
-Não queremos ficar nessa cidade! Queremos ficar o mais próximo possível do Castelo Bran!
-Então vamos para a Transilvânia!-respondeu

Chegaram na Transilvânia e ficaram no hotel mais próximo do castelo!

Depois, com um guia de turismo, Guilherme e Santiago (o resto ficou com medo, nem mesmo os pais deles entraram) entraram no castelo:

- Drácula foi um conde que defendia a Romênia e regiões vizinhas. Ganhou fama de vampiro pois depois que um guerreiro inimigo morria, chupava o sangue dele.

Santiago e Guilherme não estavam prestando muita atenção pois estavam vendo se pegaram alhos , um crucifixo e uma estaca de madeira. Sim. Tinham pego e botaram no bolso. (alhos enfraquecem vampiros e crucifixos também, mas se a estaca de madeira toca no coração do vampiro ele morre).

Eles continuaram andando pelo castelo e o guia falava várias coisas.

Mas Guilherme e Santiago queriam mais era olhar as coisas.

Guilherme falou:
-Santiago , esse quadro está... se mexendo!??
-Não, você que está imaginando coisas!

Ficaram um tempo observando o quadro e quando viram... tinham se perdido do guia!!!!

Santiago disse:
-Não vamos sobreviver aqui por muito tempo sem um adulto. Pegue a estaca de madeira , Guilherme.  Agora é caçar ou ser caçado.

-Tem certeza que esse vampiro ainda está vivo?

-Vamos saber daqui a pouco.

Continuaram andando, mas com um pouco de medo.

Santiago achou que viu uma sombra estranha , mas Guilherme garantiu que não.

Passou mais ou menos uma hora desde que se perderam, então Guilherme viu uma sombra, e Santiago também!!!!

Eles jogaram tudo que tinham contra a sombra e , quando viram , só era o guia querendo dar um susto neles!!

O guia contou que ele se afastou deles de propósito e queria dar um susto neles, que não estavam prestando atenção!

Eles foram levados aos pais e acho que não vão querer entrar em um lugar assustador por algum tempo!...Neno

* Ainda na semana do Halloween.

O apocalipse zumbi...

Há mais ou menos 13 dias, eu e minha família nos mudamos para uma pequena cidade , onde há relatos de vários assassinatos em montanhas! E hoje vou contar uma história que aconteceu comigo ontem.

***************************************************************************


Acho que só um trouxa fora minha família iria se mudar para essas montanhas!

Nós compramos uma casa com uma aparência monstruosa e é gigante.

Já me perdi umas cinco vezes nela!

E , pelo que eu entendi , ninguém morava nela a mais ou menos oito meses.

Eu ficava metade do dia vendo TV , e a outra metade  lendo.

Nós ficávamos , eu e meu cachorro , vendo programas sobre zumbis.

Um dia, quando tinha acabado de tomar café , resolvi sair um pouco daquela casa que fedia a mofo.

Achei uma trilha que levava até uma pequena cabana.

Bati na porta. Bati na porta de novo:

-Quem é? Não gosto de visitas. Saia daí, não sabe que essas montanhas são perigosas?

-Sei sim. Mas resolvi sair um pouco de casa para explorá-la.

-Bom, entre então. Vou contar uma história... eu moro aqui há cinco anos, e descobri que tem um cara morando aqui que criou um vírus que transforma as pessoas  em zumbis. Um vírus zumbi!

-Mas o que um zumbi vai fazer? Eles são mais lerdos que uma tartaruga .

-Se um zumbi arranhar alguém , ele vira zumbi. É como uma catapora que se espalha cada vez mais rápido. Mas eu  criei um vírus, que extermina o vírus zumbi (ele chamava de vírus do bem). E com sua ajuda , poderemos salvar essa cidade.

-Eu topo.

Nós fomos para uma casa extremamente gigante. Mas antes tínhamos que passar por cemitérios e morcegos:

-Você acha que a qualquer momento pode aparecer um zumbi nesse cemitério?

-Olhe para trás guri!

Nesse momento apareceu dois zumbis que vinham em nossa direção. Eu botei um pouco daquele vírus do bem nos zumbis e eles se desintegraram.

Continuamos o caminho, até que chegamos na casa.

Entramos , e fomos perseguidos por armaduras vivas:

-O vírus do bem desintegra armaduras?-perguntei

-Não.


Então só foi arrancar as cabeças delas.

Depois de tirar a cabeça de muitas armaduras,chegamos no local onde o homem que criou o vírus zumbi ficava.

Ele não viu e nem ouviu que entramos no cômodo... foi só derramar umas gotas do vírus do bem no lugar que ficava o depósito do vírus zumbi. ( e o lugar onde os zumbis ficavam)

Então desintegramos todos os zumbis e exterminamos os vírus.

Até que não é tão ruim morar nessa cidade!...Neno


*Neste mês vou postar coisas a ver com o Halloween..








O papagaio inventor...





Numa floresta cheia de clareiras , vivia um papagaio chamado  Pleco.

Seu passatempo favorito era fazer invenções malucas, mas que quase sempre davam certo.

Todos os habitantes da floresta gostavam dele , ele era até o conselheiro do rei , o lobo. (Quem disse que o leão tem que ser o rei)?

Mas , como qualquer inventor , algumas coisas dão errado!

Pleco já fez uma experiência cujo objetivo era fazer com que uma pessoa ou animal que não voasse , começasse a flutuar. 

Mas o resultado foi só dez dias seguidos de alergia.

Mas várias experiências deram certo, como a cadeira faz-tudo.

Bom , a cadeira faz-tudo , faz praticamente tudo , óbvio! 

Mas um dia, quando terminou uma máquina que fazia  com que o corpo ficasse transparente ( o corpo, não a roupa, por isso não pode ser usado em humanos),  ele foi testar num tucano , e ....

Um portal se abriu  e puxou todos os animais da floresta (que estavam sendo encolhidos) para dentro do corpo do tucano (menos o próprio tucano , claro)!!!

Todos ficaram reclamando do pobre Pleco , que estava tentando identificar em que parte do corpo estavam.

Ele disse:
-Gente , estamos no coração.  Mas estamos sendo levados para a artéria aorta , que passa por todas as partes do corpo. Mas temos que achar a saída...

-Qual saída ? A de baixo ou a de cima.-interrompeu o rinoceronte.

- Estamos sendo levados para baixo , enquanto temos oxigênio , se quisermos ir para cima vamos ficar sem oxigênio, pois acontece uma troca de oxigênio para Co2. (Gás carbônico).

-Espera , deixa eu ver se entendi , essa artéria que estamos vai dar uma volta e vamos para cima, então vamos ficar sem oxigênio? -perguntou o elefante.

-Exato.-disse Pleco.

Eles continuaram sendo levado pela artéria aorta por bastante tempo, mas ainda descendo:

-Olha o fígado do tucano. Significa que estamos chegando perto da saída de baixo. Preciso achar um jeito de ir para a de cima , mas respirando bem.

Passou mais um pouquinho de tempo e eles viram o rim do tucano:

-Rápido. Vamos tentar voltar pelo mesmo lugar que estamos passando. Não podemos chegar no rim ou vamos ter que sair por uma saída que com certeza nunca vamos esquecer.

Eles estavam conseguindo voltar , mas com dificuldade , pois estavam andando contra o sangue.

E eles tinham que andar em fila indiana para não interromper a circulação sanguínea do tucano , o que seria mortal.

Foram caminhando , caminhando , até que chegaram na garganta do tucano.

-Gente, agora temos que subir rapidamente ou vamos engasgar o tucano-disse o papagaio.

E eles conseguiram e saíram pela boca!

E com certeza Pleco tomou mais cuidado com as invenções dele...Neno



*Interrompendo a temporada de versos , um pouco...



















Morar na praia...




Como seria bom,
morar numa casa na praia,
areia, mar, tudo é um dom!
Se fosse por mim, todo lugar teria paz, sossego, como a praia!


Temporada de Versos e o Gira-Gira...

                                                                           

O gira gira é um brinquedo legal,
problema, tem um só,
depois que você já está de alto astral,
você fica tonto não vendo nada, se sentindo só!

A grande missão de Bill.




Bill era um cachorro normal que gostava de pegar a bolinha, comer e etc.

Mas sua atividade favorita era fingir que ele era agente secreto.

O sonho dele era fundar uma empresa chamada A.S.C. (agência secreta dos cães).

Um dia, ele estava brincando e foi dormir.

Era já  duas da manhã quando ele viu um vulto preto se aproximar da casinha que ele dormia.

Era um cachorro, que disse:
- Amanhã , a gente se encontra no quintal da casa do seu vizinho.

Depois que o cachorro disse isso, desapareceu.

Bill ficou meio desconfiado mas achou que era melhor ele ir mesmo!

Quando ele acordou, foi direto para o quintal da casa do vizinho.

E um cachorro preto estava esperando ele.

Bill disse:
-O que quer? Desembucha.

-Você está sendo convocado para uma missão da A.S.C.!

-Isso existe?

-Sim.

-Ei. Eu é que deveria ter criado isso. Era meu sonho!

-Vamos para o que interessa. Me siga.


Eles foram em direção a um bueiro e entraram.

Caminharam por inúmeros tubos transparentes e chegaram no quartel general da A.S.C.

O cachorro preto explicou:

-Uma cadela de porte pequeno chamada Laila  descobriu que uma usina nuclear ficará pronta nesta cidade amanhã e ela irá lá tramar alguma coisa. Se você conseguir impedi-la , você vai ser um dos nossos agentes para sempre.

Bill estava rindo:
-Uma cadelinha chamada "Laila" vai dominar o mundo!! KKKKK!!!! Cuidado!!! KKKKK!!!

-Ok, você não quer fazer a missão?

-Quero sim.

-Então leve isso a sério.


Bill foi até a usina nuclear (que ficaria pronta no dia seguinte) e dormiu lá.

Quando acordou, ficou de guarda.

Ele ficou olhando tudo e todos.

Aquela Laila podia estar em qualquer lugar!

Então, Bill se dirigiu até um cachorro que estava deitado do lado de um bar e perguntou:
-Você viu uma cadela de porte médio em algum lugar?
-Aquela ali serve?

Bill virou pra trás e viu que a Laila estava entrando dentro da usina.

Ele seguiu ela o mais rápido possível!

Viu que ela estava com um laser e estava prestes a furar os tanques quando Bill conseguiu derrubar o laser longe!

Então ele pegou uma ferramenta que guardava num bolso (ele usava camisa)  e bateu no laser  até quebrar.

Depois cercou Laila e ligou com um celular que também guardava num bolso para o cachorro preto que tinha convocado ele, que chegou com uma jaula e prendeu Laila. Depois disse:
- Você com certeza já é um ótimo agente secreto!

-Quando será minha  próxima missão? ... Neno




*Laila é o nome da cadela do meu primo Gui. Ela é muito legal!










Os monstros...




Existia dois guris que se chamavam Franco e Guilherme.

Eles eram primos, que sempre queriam se ver.

Guilherme queria ser dono de uma concessionária de carros, e Franco queria trabalhar em alguma área da F.B.I..

Mas os dois sabiam que uma coisa eles queriam muito!

Participar de uma caça aos monstros!!!

Um dia, um laboratório secreto no Árctico chamou os meninos.

O homem do laboratório disse:
-Descobrimos que existem muitos monstros nesse mundo, então queremos que vocês peguem alguns, tragam para nós que vamos fazer um antidoto especial anti-monstro.

Franco e Guilherme disseram:
-Quanto vão nos pagar? Hehehehe!! Brincadeira! Nós topamos.

Então os guris foram para o pântano monstruoso para tentar achar algum. Guilherme disse:
-Olha! Uma piranha venenosa de três olhos!

Então Franco avistou:
-Olha! Uma gororoba ambulante tóxica e elétrica!

Depois de tanta correria para não se machucar , depois de vários OLHA ALI e depois de pegarem os monstros, os meninos levaram para o laboratório!

Depois tiveram que ir para a floresta do medo.

Procuraram , procuraram , mas nada de monstros.

Franco recebeu uma ligação do homem do laboratório:
- Meninos, os monstros da floresta não são tão agressivos, mas são MUITO RAROS!

Então tiveram que procurar por várias horas e ainda nada de monstro.

O tempo foi passando.

Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac...

Então avistaram uma coisa rosa peluda.

Os garotos se aproximaram da coisa pois parecia inofensiva.

E ela começou a pular, pular e pular!

Franco disse:
-Ei!  Não vale!  Temos que achar um monstro agressivo! Hunf!

E na mesma hora, um monstro de um olho e com chifres se aproximou correndo, os meninos se abaixaram e o monstro bateu de cara numa árvore e desmaiou.

-Esse vale! -disseram os dois

Então levaram o monstro para o laboratório   e  foram para o mundo do fogo, que foram avisados que se não morrerem, estão de parabéns!

-Porque será que o cara disse isso? -perguntou Franco

Quando chegaram lá, viram que tinha vária criaturas estranhas com antenas que ficavam jogando fogo, uns demônios feiosos que tinham um pircing, e um dragão de 10 metros de altura que tinha anéis.

-Que mau gosto que os monstros tem aqui! Imagina, um monstro usar um pircing  e um dragão gigantescamente gigante usar um anel!!!-disse Guilherme

-É. -respondeu Franco

Depois os meninos se lembraram que o homem do laboratório disse que eles tinham que apenas pegar um pircing  de ouro do demônio feioso e pegar o anel de ouro do dragão gigantescamente gigante.

Então Franco jogou um bumerangue que pegou o anel do dragão, e Guilherme jogou outro que pegou o pircing do demônio.

Então voltaram para o laboratório e  ficaram conhecidos como os caçadores de monstros!!...Neno



*Meu nome é Franco e meu primo se chama Guilherme.







O templo sagrado do cão dourado 2...

Na primeira parte Dif e Fid acham o templo...

***********************************************************************

Fid observou:
-Olhe Dif ! Aquilo ali não é uma passagem secreta?

-Onde?

-Ali. Lá em cima (o templo é parecido com um templo maia).

-Talvez. Vamos ver.

Eles subiram  o templo e viram que era uma passagem mesmo!(que estava fechada).

Mas não conseguiam abrir. Tentavam de tudo! Pular, chutar...

Então Dif  se lembrou que na história do templo, os exploradores disseram OURO, e a passagem se abriu.

Então ele disse:
-OURO!

E imediatamente (tipo, um milésimo de segundo)  a "porta secreta" se abriu!

Então entraram no templo.

Fid perguntou:
-Onde está aquele cão desenhado com cristais vermelhos que você falou antes?

-Não sei e não quero saber. Diz a lenda que quem olhasse pra eles seria hipnotizado e então escravo do cão dourado no submundo!

O templo era cheio de ouro,com paredes que confundiam! Era praticamente uma labirinto!

Tinha vários baús com pedras preciosas e etc...

Fid falou:
-Dif, você está com aqueles óculos especiais que a gente usou para ver aquele eclipse?

-Sim.

-Então podemos usar e procurar o cão feito de cristais vermelhos. Se olharmos para ele com esses óculos , não seremos hipnotizados!

-Tá. Toma o seu.

-Então procuraram no templo inteiro, mas não acharam nada!

-Até que viram um corredor cheio de tochas, e seguiram por ele até achar...

O QUARTO DO CÃO DOURADO!!!!!

Lá estava um sarcófago, o cão desenhado com cristais vermelhos e o próprio fantasma do cão dourado!!!

A primeira coisa que Dif  falou foi:
-Me dá um autógrafo?

O fantasma respondeu:
-Vocês serão castigados por invadirem meu templo... e não dou autógrafos!

Fid disse:
-Era isso que eu não queria ouvir! Agora vamos embora!

Então Dif lembrou que na história do templo, se você desse uma coisa valiosa para o cão dourado ele não o castigaria.

Então Dif rapidamente pegou um papel e disse:

-Pegue. É um papel valioso pra você me dar um autógrafo. Hunf!

Fid disse:
-Você é louco!

-Não sou não!

-É sim!

-Não sou!

-É sim!

-Não sou!

-Tá. Deixa pra lá!  Dê alguma coisa valiosa pro maldito cão dourado pra gente sair logo desse templo que fede a salada de batata!

Então Dif deu uma pedra preciosa que ele tinha para o cão dourado, que avisou:
-Vocês estão livres e sempre poderão voltar aqui, desde que não seja das 15:30 ás 15:45, pois é a hora do meu banho!KKKK!

Então Dif e Fid voltaram para casa sabendo que no outro dia voltariam lá...Neno


* Leia O templo sagrado do cão dourado 1 clicando aqui.

O templo sagrado do cão dourado...

Existe dois cachorros... um chamado Dif e o outro chamado Fid.

Dif e Fid nunca recusaram uma expedição!

Eles sempre tentam achar alguma coisa legal!!

Mas, um dia, eles nem sabiam que iam descobrir uma coisa extraordinária!

Era um dia qualquer, Dif estava nadando num lago dentro de uma floresta perto de casa, Fid estava deitado tomando banho de sol...

Mas depois Dif disse:
- Fid, esse dia está muito tedioso. Temos que fazer alguma coisa!

Fid respondeu:
-Mas o que?

-Não sei. Qualquer coisa legal!

-Tipo....?

-Tipo.... achar o templo sagrado do cão dourado!!!

-Mas isso é completamente impossível!!!

-Quem não tenta não consegue!

-Tá bom! Vamos lá!

Então Dif e Fid saíram em busca do templo sagrado do cão dourado.

Mas... continuaram na floresta.

Dif se lembrou que na historia do templo sagrado do cão dourado os exploradores estavam procurando na floresta.

Então procuraram lá.

Muito tempo de escavações depois ...( Dif alugou uma escavadeira) Fid perguntou:
-Como era o templo, na história, Dif?

-Era dourado, tinha um cachorro desenhado com cristais vermelhos... e diz a lenda que quem olhasse para esses cristais vermelhos seria hipnotizado e então escravo do cão dourado... lá no submundo!

-Uau! Tem certeza que quer tentar achar esse templo?

-Tenho... Talvez a gente encontre o cão dourado passeando por esse mundo e  nós podemos pedir autógrafos!

-Que sonhador você é!

Eles continuaram escavando e... de repente, viram uma coisa brilhando!

Dif disse:
-Glup... Isso é... OURO!

-Acho que  sim.

-Acho que achamos o templo, mas... como vamos entrar?


Continua...




Férias!!!!!!!!!!!...



Hoje entro em férias.

Até agosto!!


Boas ferias!!


*Volto no começo de agosto.

A montanha...

                                                             

Existe um crocodilo chamado Dic.

Ele era muito alegre, curioso,... não tinha nada de assustador!

Ele gostava muito de ir numa montanha de neve para esquiar.

Dic ia TODOS OS DIAS LÁ!(quem sabe mudam  o nome da montanha para Dic)!

Mas não era fácil.

Dic tinha que:


-ATRAVESSAR A CIDADE DELE (CROCODILOLÓPOLIS)

-ATRAVESSAR O LAGO PRINCIPAL

-PASSAR PELO PÂNTANO MUSGUENTO

- PASSAR PELA MONTANHA  DE AREIA

-PEGAR O ÔNIBUS QUE OS CROCODILOS PEGAM NA CIDADE DELES

-E ENFIM, DIC CHEGA LÁ|!

Eu não faço a mínima ideia de como ele consegue fazer isso todo santo dia!

Ele deve ser mágico ou coisa do tipo!

Ok, ok, continuando.

Mas um dia, quando Dic  foi pegar os esquis para ele esquiar (ele aluga numa loja do lado), ele não viu nem sinal da montanha!

Ele olhou pro alto, nada, olhou pra baixo, nada, olhou para os lados, nada!

A montanha tinha sumido!!!

Tipo, do nada, assim!

No começo da história , falei que Dic era curioso, então ele perguntou pra moça do balcão de informações:

-Onde está a montanha?

-Não sei (que qualidade de informação é essa! Uau!), hoje de manhã deu um tremor e um outro crocodilo disse que tinha visto a montanha cair pra baixo da terra!

Logo que ouviu isso, Dic correu pro lugar que a montanha ficava, pegou uma pá que ele deixava no bolso (Dic era muito bem preparado) e começou a cavar, cavar, cavar e cavar pra baixo!

Quando ele já estava a 200 metros de profundidade, Dic viu uma coisa nevada a poucos metros dali.

Ele foi ver o que era e , viu que era a montanha!

Mas, quase não deu pra ver que era a montanha, pois logo depois, uma tsunami de lava estava vindo!

Dic estava no centro da Terra!

Ele correu, correu,correu,correu,correu,correu,correu,correu... até que a tsunami desviou e foi andando sem rumo, mas pra outra direção:

-Ufa- disse Dic. (ele tinha muito preparo físico de tanto que ele esquiava)!!

Mas ele ainda tinha que levar a montanha para o lugar dela!

Então, Dic  ligou para o resgate:

-Alô, resgate? Eu me chamo Dic, sou um crocodilo e estou no centro da Terra com uma montanha do lado. Venham no parque da Neve, e tragam o maior guindaste que vocês tem, aí é só botar o gancho na cratera gigante que tem lá.

Vinte e cinco minutos depois o resgate chegou , rebocou a montanha com o Dic junto:

-Obrigado! - disse Dic

Depois que tudo já estava resolvido,  a dona do parque da Neve ( o parque da montanha que Dic esquiava), disse pra ele:

-Você vai poder esquiar aqui , só que melhor do que antes, agora você vai poder esquiar de graça, e vai poder, ter uma mini-montanha de neve na sua casa, para poder esquiar sem precisar ir longe!

Então Dic ficou conhecido como : O CROCODILO QUE RESGATOU A MONTANHA!...Neno


A corrida aérea...

                                                                                           



Numa floresta, no meio do nada, existe uma competição.

Se chama: CORRIDA AÉREA.

Nessa competição, todos os pássaros fazem uma corrida...só que, voando!

Todos os anos algum sortudo ganha a corrida!

Mas, nesse ano, Sarf queria ganhar!

Ele tinha participado todos os anos.

Mas nunca ganhou!

Esse ano, ia ser diferente!

Ele estava determinado a ganhar.

Sarf era um pássaro  verde e azul, e tinha umas penas na cabeça igual a uma calopsita.

Duas semanas antes da corrida, Sarf já estava treinando!

Trabalhando duro... voando pra todos os lados!

Voar não é tão fácil quanto parece!

Sarf tinha feito uma pista de corrida feita de folhas!

Pra quem não entendeu, as regras da corrida são:

-Nunca (nunca mesmo) voar fora da pista.

-Não trapacear.

-Não voar a mais de 150 metros de altura.

A corrida é bem exigente.

Qualquer um que desobedecesse está sujeito a desqualificação automática.

Mas Sarf era justo e ia obedecer tudo!

Um dia antes da corrida, Sarf já estava bem confiante.

Ele sabia que tinha uma grande chance de ganhar.

Quinze minutos antes da corrida, todos os competidores já estavam na linha de largada.

Enfim, o sinal verde brilhou.

A corrida tinha começado!

Sarf estava muito rápido!

Estava em 3º lugar.

Mas não  era o suficiente!

Ele tinha que ganhar aquela corrida.

Então, ele  botou na cabeça:

-Eu tenho que ganhar, eu tenho que ganhar... EU VOU GANHAR!!!

Ele pegou fôlego, e , começou a voar numa velocidade que nunca tinha voado antes.

Ele ultrapassou o pássaro que estava em 2º lugar e , finalmente, ultrapassou o pássaro que estava em 1º lugar!!!


Sarf estava ganhando!!

Ele estava prestes a chegar na linha de chegada, e , e, ELE TINHA GANHADO!!!

Sarf ficou muito feliz!!!

O trabalho duro de antes tinha valido a pena!!

Finalmente, ele foi o ganhador!!

Tinha batido um recorde de velocidade!

Quem será que vai ganhar a corrida aérea do ano que vem?... Neno








Bij, o beija-flor 2...

                                                         



Se lembram do Bij?
Bom, hoje vou contar a continuação da história dele.
*******************************************************************
Bij, o beija -flor 2


Bij estava preso na lua!!

O que ele ia fazer?

De repente,Bij teve mais uma de suas brilhantes ideias!

Ele ia construir uma nave espacial para voltar a Terra!

Dito e feito!

Bij pegou alguns materiais na lua e fez a nave!(alguns!!??)

Foi difícil e demorou uns 8 dias! (Bij com certeza tem talento)

Se despediu da planta lunar e entrou na nave.

Bij apertou um botão e começou a contagem regressiva.

10

9

8

7

6

5

4

3

2

1

DECOLAR!!!!!!

Bij decolou em uma velocidade incrível!!!

Ele estava cansado de tanto ir e voltar dos lugares, então botou a nave no piloto automático e dormiu. (será que ele ronca?)

Mas, quando acordou, a nave estava com o nariz (não literalmente) para baixo.

E estava pegando fogo!

Bij tinha que manter o nariz da nave para cima, mas como?

Ele  se lembrou de uma coisa!

Bij tinha sempre uma invenção chamada apaga- fogo 10000 no bolso.

Era uma coisa tipo uma pasta de dente que apaga o fogo e depois, ela some do nada!

Bij apertou o tubo onde estava a invenção e saiu uma gosma nojenta e branca que foi diretamente pro fogo!

Funcionou, mas a nave ainda estava com o nariz para baixo!

Então, Bij apertou alguns botões que ele nem sabia que existiam e... um deles automaticamente deixou o nariz da nave para cima! (TOTALMENTE SEM QUERER)

Bij já estava na atmosfera da Terra.

Ele apertou um botão e saiu um para-quedas da nave.

Ela pousou com segurança e Bij saiu!

Depois entregou a mensagem de resposta da planta lunar para a planta que mandou a mensagem para ela!

Até que enfim, Bij estava livre!!

Bij ganhou um dia de folga depois disso, mas, com certeza, ele vai ter que fazer mais viagens assim...Neno

* Clique aqui para ler:  Bij, o beija-flor 1...







Bij, o beija-flor...






Bij era  um beija-flor muito alegre e esperto.

Ele era o mensageiro da floresta.

Se um animal quisesse dizer algo para outro animal, que está muito longe, chame Bij! Ele irá dizer o seu recado.

A recompensa de Bij era ter um pó que  permitia  que ele falasse com as plantas.

Bij até mandava recados de uma planta  a outra!

Mas um dia, uma planta disse para ele:
-Bij, quero que você leve esse recado até uma planta lunar: Oi Plint, como vai a vida? Aqui na floresta está ótimo! O clima está agradável, a água da chuva de ontem estava bem boa.... e você? Como está?

Bij pensou:
-Vou ir até a lua só para mandar essa mensagem? Tenho que ir! É meu trabalho!

E ele ia ir.

Mas, como ele ia chegar até lá?

Como eu disse antes, Bij era um beija-flor alegre e ESPERTO.

Então, com sua ESPERTEZA, ele ia inventar alguma coisa para ir até a lua!

Primeiro, ele inventou o Lança-coisa 2000! (porque 2000)?

Era uma engenhoca que  lançava as coisa que você quiser (inclusive você) para lugares distantes!

Então, Bij entrou na engenhoca, apertou um botão e... foi lançado!!

E depois caiu numa nuvem.

Ele pensou:
-Eu nunca ia ter chegado aqui só com minhas asinhas pequenas !

Mas ainda não era o suficiente para Bij chegar a lua.

Então ele inventou o Soneca 3000 (o que???!)

Era uma máquina parecida com uma cama com um mini computador em cima.

Bij leu as instruções passo a passo:

Soneca 3000

Instruções:

1- Deite na cama.

2- Aperte o botão.

3- Durma.

4-Tente sonhar com o lugar que você queria ir.

5-Se você conseguir sonhar com o lugar que você queria ir, você vai acordar nele.

Era meio complicado. ( Meio? Aham)

Mas Bij não ia desistir!

Bij fez o passo a passo, mas na hora de sonhar com o lugar desejado, ele, sem querer, sonhou nas altas montanhas do Himalaia.

Ele acordou e estava nas montanhas do himalaia.

Ele  pensou:
-Porcaria de engenhoca!

Mas daí ele pensou:

- Já que eu estou num lugar de 7.500 metros de altura, eu posso usar o Lança-coisa 2000. Então eu vou ir mais alto ainda e chegar na lua.

Ele entrou no Lança-coisa 2000, apertou o botão e, ele foi tão alto que chegou na lua!!

Então, ele viu uma planta lunar e disse:

-Você se chama Plint?
-Sim.
-Esse recado é de uma planta da Terra: Oi Plint, como vai a vida? Aqui na floresta está ótimo! O clima está agradável, a água da chuva de ontem estava bem boa.... e você? Como está?

- Já sei quem mandou. Mande esse recado para ela: Olá! Aqui na lua também está muito bom! Está tranquilo, quieto... um dia temos que nos encontrar!! Obrigado pela mensagem!

Mas e agora, como Bij ia fazer para retornar a Terra?


Continua...Neno

Manchinha, o dálmata...

Manchinha era um cachorro muito travesso e brincalhão!

Ele era um dálmata.

Manchinha tinha um amigo que se chamava Spik!!

Os dois eram melhores amigos!!

Brincavam todos os dias!!

Um dia, os dois foram brincar no lago que tinha perto de casa.

Manchinha gostava mais de fazer barquinhos de madeira enquanto  Spik gostava de nadar!!

Então, eles revezaram!

Uma hora, Manchinha fazia barquinhos de madeira, outra hora, nadava!

Uma hora, Spik nadava, outra hora, fazia barquinhos de madeira!

Mas, quando Manchinha saiu da água... as manchas pretas dele tinham sumido!!!

Manchinha ficou muito triste!!!

Mas Spik disse:

-Manchinha, não faz diferença suas manchas terem sumido!! Como você não gosta muito de tomar banho, você não se lavou durante muito tempo e suas manchas,eram só sujeira, não tinham saído! Você ainda continua sendo o mesmo cachorro legal, brincalhão e com pelos bem lisinhos e bonitos de sempre!!!

Finalmente, Manchinha ficou feliz com o elogio do amigo e disse:

-Obrigado Spik!! E daí que minhas manchas sumiram!! Ainda sou o mesmo cachorro de sempre!!!

E depois daquele dia, Manchinha sempre via o lado bom das coisas e, tenho certeza que sempre irá tomar banho!!!...Neno

O cachorro que não queria dormir...



Existe um cachorro chamado Dido que não gostava de dormir.

E por isso ele nunca dormia.

Fazia várias aventuras de dia, e de noite, só ficava brincando!

Os amigos dele olham as olheiras dele e diziam:
- Você tem que dormir Dido!!

Mas ele não obedecia!!

Um dia ele foi fazer uma aventura... ele ia fazer um safári.

Quando  o jipe chegou  na casa do Dido, ele entrou e perguntou  pro motorista:

-Vamos chegar bem perto dos animais né?
-Exatamente!

Quando o jipe chegou na savana, Dido viu milhares de bichos!!!

Girafas, hipopótamos, leões, elefantes....

Dido ficou tão admirado que saiu do jipe e foi chegar bem, bem, bem perto!!

Mas ele chegou tão perto que um hipopótamo começou a perseguir ele!!!!

Dido correu um monte para escapar do hipopótamo , mas por sorte, o motorista do jipe chegou perto de Dido e ele entrou no "carro do safári"!

Dido ficou bem agradecido,mas ele ia começar a não arriscar se machucar chegando perto dos bichos.

Dido ficou um pouco olhando um grupo de girafas tomando água, e disse:
- Eu também queria tomar água agora....

O motorista do  jipe respondeu:
-Já vamos voltar pra casa!

Quando chegaram em casa ,Dido desceu do jipe e foi direto pro sofá.

Finalmente Dido estava cansado!!

E claro que aquele dia cheio e arriscado deixou ele de olhos fechados e deitado na cama....Neno


Perdidos no mundo...

Lubus era um lobo que adorava brincar.

Ele era muito danado!

Gostava de fugir de casa e brincar com seu amigo Fifo!

Fifo era mais comportado e sempre dizia para Lubus não fazer coisa errada!

Um dia, Lubus fugiu de casa (de novo) para brincar com Fifo, só que dessa vez, bem longe de casa!

Eles iam para outra floresta!

Fifo falou:
-Não! Eu não vou!

Mas Lubus sempre o convencia:
-Vamos Fifo! Lá tem um lago bem legal!!
-Tá...eu vou.

Quando chegaram na floresta,  começaram a nadar no lago.

Nadavam, mergulhavam, brincavam de jogar água na cara do outro...

Depois brincaram de pega-pega, esconde-esconde, corrida...

Até que, enfim, chegou a hora de eles irem pra casa.

Mas.... eles não sabiam o caminho pra casa!!!!

Os dois disseram:
-Estamos perdidos!! Socorro!!! Help-me!!!

Ninguém ouviu!!!

Mas Lubus se lembrou de uma maneira de conseguir ajuda!

Como eles estavam numa mata muito fechada, não iria funcionar escrever com pedras para algum helicóptero ver, então .... Lubus pegou uns galhos e ficou jogando pro alto para chamar atenção!

Um helicóptero viu eles!!

O piloto do helicóptero pousou e resgatou Lubus e Fifo!!!

Mas Lubus aprendeu a lição!!!

Ele nunca mais vai fugir de casa (muito menos para brincar longe)...



Buti, o jabuti...


Havia um Jabuti que nunca saía da rotina dele.

 Nunca fazia nada de diferente.

O nome do Jabuti era Buti.

Buti  sempre fazia as mesmas coisas!!

Ele fazia as refeições em casa todos os dias,  só  comia  as mesmas coisas, só vestia o mesmo casco....

É bom ter uma rotina, mas fazer uma coisa diferente é muito legal!

Os amigos de Buti diziam:
-Você quer almoçar com a gente?

Buti sempre respondia:
- Não! Nunca vou sair da minha preciosa rotina!!

Os amigos de Buti ficavam preocupados pois parecia que ele era infeliz!!

Mas Buti era muito teimoso  também!!

Ele sempre respondia:
-Não, não e não!!!

Mas os amigos dele  eram persistentes e  sempre perguntavam:
-Buti, HOJE você quer almoçar ou brincar com a gente?

Mas a resposta sempre era a mesma:
-Não, não e não!!!

Mas os amigos de Buti tiveram uma ideia!!

Na hora do almoço de Buti , (Buti só comia ração pra Jabuti) os amigos dele  trocaram a ração de jabuti  por melancia. (Buti era esfomeado e nem olhava a comida antes de comer)!

Buti foi comer e atacou a comida.

Ele disse:

-Que coisa maravilhosa é essa?

Os amigos dele responderam:

-É uma melancia! Nós trocamos sua ração por melancia! Gostou?
-Adorei!! Vou experimentar coisas novas e fazer coisas diferentes as vezes!

E só depois que aconteceu isso Buti virou feliz!!!...Neno

Carta ao Governador...



Porto Alegre, 14/02/13

Querido Governador...


Sinto em dizer que você nem nenhum outro político consegue tornar a cidade , País ou Estado melhor!

Quem tem liberdade neste país são os ladrões!!!

E as pessoas trabalhadoras e inocentes ficam dento de uma prisão domiciliar!!!

Políticos só querem poder!!!

Pense nisso um pouco.

Ass: Franco 


P.S. : Antes de ontem fomos assaltados com arma em uma pracinha de brinquedos em Porto "Alegre"!!! 
E, por causa dessa insegurança, meus primos foram embora para o exterior!